Astrologia Hindu::seu Signo Hindu

Gravura:*CÚRCUMA, flor de origem indiana*

Associados aos deuses, esses Signos Hindus podem revelar os Mistérios da sua Alma. Para os indianos, a astrologia é um guia que ajuda a trilhar os melhores caminhos. Eles não decidem nada sem antes consultar os presságios das estrelas. Tudo é confirmado mediante as bênçãos dos astrólogos. O trabalho desses Mestres é tão respeitado pelo povo hindu, que esse tipo de profissional tem a mesma posição social elevada de um Sacerdote. Existem muitos pontos diferentes entre a Astrologia Hindu e a Ocidental. Para eles os Planetas Plutão, Urano e Netuno (recentes), não têm força simbólica comparável à dos outros Planetas, considerados velhos. A diferença entre as interpretações do povo hindu em relação à ocidental, é que os astrólogos ocidentais se amparam na psicologia, para fundamentar a influência dos Planetas, enquanto para os hindus, tudo é explicado sob a Luz das histórias dos deuses.

Observe abaixo o seu Signo correspondente e o que isso significa, como também os reflexos desse Signo, na sua vida afetiva e sexual.

PERÍODO

SIGNO



De 15/04 a 15/05

MESHA

De 16/05 a 15/06

VRISHABHA

De 16/06 a 16/07

MITHUNA

De 17/07 a 17/08

KARKA

De 18/08 a 16/09

SIMHA

De 17/09 a 17/10

KANYA

De 18/10 a 16/11

TULA

De 17/11 a 16/12

VRISCHIKA

De 17/12 a 14/01

DHANU

De 15/01 a 13/02

MAKARA

De 14/02 a 14/03

KUMBHA

De 15/03 a 14/04

MINA




MESHA
MESHA: Deus Regente: MANGALA (associado ao Planeta Marte).
Animal: Águia.
Flor: Cravo vermelho
Pedra: Ágata-de-fogo.
Números: 1, 19, 118.
Palavra-chave: Ação.
Áreas em que mais se destaca: Esportes, administração de empresas, publicidade, engenharia, carreira militar, educação física, vendas, medicina cirúrgica, política, produção de rádio e televisão.

Os nativos de MESHA são ousados, extrovertidos e sensuais. Costumam agir de maneira impulsiva: não aceitam qualquer tipo de imposição, nem toleram limitações à sua liberdade. Esse temperamento altivo está associado a Mangala, divindade regente de Mesha. De acordo com as tradições hindus, Mangala era filho do deus Shiva, o senhor da destruição.Um dia, Shiva estava muito cansado e uma gota do seu suor molhou a terra. Quando os raios do Sol aqueceram a terra molhada, surgiu Mangala, um guerreiro incansável que participava das batalhas montado num carneiro branco. Por isso a pessoa que nasce sob a proteção de Mangala, nunca se cansa de lutar. Para atingir seus objetivos, enfrenta qualquer obstáculo com garra e determinação. Amante dos desafios, apreciam os trabalhos difíceis e costumam se dar bem em cargos de liderança. Por falar impensadamente, às vezes chegam a destruir uma antiga amizade.
Um dos aspectos característicos deste signo é seu profundo respeito em relação aos superiores, jamais contestando a autoridade dos seus líderes, sendo capaz de manter uma disciplina quase militar. Não toleram injustiças e só se rebelam quando os superiores demonstram fraqueza de caráter. Para esses nativos, um chefe sem força e sem discernimento, não merece respeito. Em compensação, quando assumem um posto de comando, podem se transformar em verdadeiros tiranos, não admitindo serem contestados e punindo de maneira exemplar a menor desobediência.
Apaixonados e ardentes gostam de tomar a iniciativa na hora do sexo. São ousados e se soltam completamente na cama. Geralmente gostam de se relacionar com parceiros altivos e independentes, que não cobrem atenção o tempo todo, sabendo respeitar sua individualidade. Raramente se mantêm fieis, mas são exigentes e esperam ser tratados como uma jóia preciosa. São exuberantes, tendo o poder de atrair com um simples olhar, despertando paixões avassaladoras. Mas também sabem ser companheiros nos momentos difíceis, permanecendo tranqüilos, solidários e otimistas.



VRISHABHA
VRISHABHA: Deus Regente: SUKRA ( associado ao Planeta Vênus ).
Animal: Touro.
Flor: Rosa.
Pedra: Esmeralda.
Números: 2, 38, 407.
Palavra-chave: Posse.
Áreas em que mais se destaca: Tecelagem, paisagismo, estética, terapia corporal, arquitetura, administração, agronomia, medicina veterinária,corretagem de imóveis, artes plásticas.

Os nativos de VRISHABHA são delicados, sensíveis, gentis e amorosos. Fazem tudo para agradar as pessoas que amam, mas se magoam profundamente quando percebem que o carinho dedicado aos outros, nem sempre é retribuído. Segundo a mitologia hindu, Sukra, o deus que rege esse signo, era o filho de Brighu, um dos maiores sábios da Índia. Depois de cultuar o poderoso deus Shiva durante milênios, Sukra foi agraciado com o dom de ressuscitar os mortos. Mas Sukra usou mal esse poder e ressuscitou os demônios derrotados pelos deuses do Bem. Irado, Shiva engoliu Sukra e só o libertou depois de derrotar o exército do mal. Esse mito ilustra a ingenuidade da pessoa regida por Sukra. Iludido pelos outros, muitas vezes ajuda quem não merece.Tende a persistir no erro, exatamente como Sukra, que insistiu por muito tempo em ressuscitar os inimigos dos deuses e sempre era punido por isso. Significa que para esses nativos crescerem, precisam vencer a teimosia e respeitar mais as outras pessoas.

Os nativos desse signo devem: selecionar melhor as pessoas com as quais vão se relacionar, serem mais flexíveis, aceitando as próprias derrotas e admitindo o fato de que nem sempre estão com a razão. São possessivos pelo apego aos bens materiais e pela necessidade de segurança emocional. Quando a vida está instável em algum setor, tendem a sofrer profundamente, podendo chegar ao desespero. Para viver com mais prazer e tranquilidade, devem exercitar o desprendimento e o desapego, aprendendo a aceitar com serenidade as perdas que fazem parte do curso natural da vida. São sensuais, amantes hábeis e dedicados, achando muito agradável ficar horas nos braços de seu parceiro.


MITHUNA
MITHUNA: Deus Regente: BUDHA ( associado ao Planeta Mercúrio ).
Animal: Coruja.
Flor: Hortência.
Pedra: Citrino amarelo.
Números: 3, 48, 201.
Palavras-chave: Razão.
Áreas em que mais se destaca: literatura, turismo, teatro, tradução, vendas, jornalismo, balé, música,fotografia, psiquiatria, cinema, antropologia, comércio, propaganda e marketing.

Os nativos de MITHUNA gostam mesmo é de conversar. São animados, descontraídos, perspicazes e sempre bem informados, não dispensando um bom bate-papo e se sentindo realizados na companhia dos amigos. Na mitologia hindu, Budha, o regente de Mithuna, representa a inteligência e o discernimento. São filhos de Atma (a Consciência), e de Mana ( a Mente). Elegante e sedutor, Budha usa vestes amarelas e ornamentos dourados. Percorre o céu montado num leão e concede Sabedoria aos seus devotos. Graças à sua aparência privilegiada e à sua Mente brilhante, Budha conquistou muitos favores dos deuses mais importantes do Panteão Hindu.
As pessoas nascidas sob este signo são irresistíveis. Esbanjam simpatia e conseguem tudo o que querem com seu jeito hábil e diplomático. Possuem uma grande facilidade para aprender e são tão versáteis que podem se dar bem em quase todas as profissões, sobretudo se tiverem de lidar com o público. Com sua aparência meio frágil, meio sapeca, despertam o instinto protetor das pessoas que as rodeiam, especialmente as do sexo oposto. A família desempenha um papel essencial em sua vida: os nativos desse signo podem ter problemas com os pais, mas sempre encontram apoio junto dos irmãos. Costumam ter relacionamentos muito intensos, evitando assumir compromissos sérios e não tolerando companheiros exigentes ou dependentes. Para eles, a felicidade no amor só é possível se ambos os parceiros tiverem total liberdade. Com essa maneira de pensar, tendem a prejudicar seus relacionamentos. E ao constatar essa dificuldade, podem preferir a solidão ou sufocar sua própria sede de liberdade, adequando-se às restrições impostas pelo parceiro.


KARKA
KARKA: Deus Regente: SOMA ( associado à Lua ).
Animal: Coelho.
Flor: Lírio branco.
Pedra: Diamante.
Números: 4, 85, 301.
Palavra-chave: Emoção.
Áreas em que mais se destaca: Pediatria, decoração, assistência social, arqueologia, veterinária, culinária, oceanografia, artes plásticas, moda, dança, história, pedagogia, psicoterapia.

Os nativos de KARKA são delicados, meigos e gentis. Têm um acentuado instinto maternal ou paternal, nutrindo verdadeira paixão pelas crianças. Soma o regente de Karka, nasceu do sêmen do sábio Atri, que Brahma ( o Deus Criador ), recolheu num cálice de ouro e levou para o céu. Então surgiu Soma, um ser masculino, que todas as noites derrama gotas do elixir da vida sobre as plantas, para que elas se desenvolvam. Fonte do nascimento, Soma abençoa as gestantes, as fêmeas e os filhotes de todas as espécies, as flores em botão e as crianças.
Os nativos sob este signo são dóceis e sensíveis. Compreendem os problemas dos outros e fazem de tudo para ajudar. Têm o dom de se deliciarem com as coisas simples da vida, adorando cozinhar, cuidar das plantas e arrumar a casa. Quando estão infelizes ou aborrecidos, ficam agressivos e pessimistas, tornando-se depressivos. Mas tendem a deixar a tristeza de lado, voltando a buscar as pequenas alegrias. Seu grande sonho é se tornar mãe ou pai, com uma família numerosa, que para eles, é o símbolo mais sagrado de felicidade e realização. A instabilidade emocional desses nativos costumam afetar sua saúde. São vítimas constantes de terríveis dores de cabeça e indisposições digestivas. Para se manterem em forma, devem buscar o equilíbrio e tentar ouvir um pouco mais a voz da razão. Costumam se mostrar muito distraídos, o que prejudica seu rendimento profissional. É importante que sejam mais atentos, redobrando o cuidado, quando estiverem lidando com documentos. São pessoas muito honestas. Em seus relacionamentos, esses nativos valorizam o casamento, a fidelidade e a sinceridade. Fazem de tudo para agradar a pessoa amada.


SIMHA
SIMHA: Deus Regente: RAVI ( associado ao Sol ).
Animal: Leão.
Flor: Girassol.
Pedra: Rubi.
Números: 5, 77, 140.
Palavra-chave: Poder.
Áreas em que mais se destaca: Direito, magistério, dramaturgia, comércio, arte dramática, fotografia, administração de empresas, publicidade, estética, engenharia, moda, sonoplastia, exportação.

Os nativos de SIMHA, nasceram para conhecerem a si mesmos e ganharem um brilho cada vez maior. Isso porque, na mitologia hindu, Ravi, o regente de Simha, simboliza a Alma, a Arte em todas as suas manifestações e a Beleza. Desse modo, além de existir externamente, na forma do Sol, Ravi também vive dentro de cada ser humano. Seu brilho intenso é o reflexo da Grandeza das Três Divindades Principais (Brahma, Vishnu e Shiva). Outro atributo de Ravi é a vaidade. Quando desejava conquistar uma mulher, deusa ou mortal, Ravi se enfeitava com vestes vermelhas, muitos colares e braceletes de ouro e rubi. Então, ia ao encontro da amada na sua carruagem de dossel dourado e a seduzia.
Correspondendo a esse modelo, os nascidos sob este signo, são sedutores e vaidosos. Gostam de se vestir de maneira sofisticada e amam as jóias (quanto mais valiosas,melhor). Adoram ostentação, pois acreditam que o luxo é o mais eficiente ímã para atrair o Sucesso e a Prosperidade. Donos de personalidade forte e marcante, se destacam quando ocupam cargos de liderança e não se detêm diante dos obstáculos. Colocam a carreira em primeiro lugar e só se sentem realizados quando alcançam notoriedade e uma ótima situação financeira. São muito criativos, possuindo um grande talento para criarem coisas novas, se destacando na área artística. Possuem uma grande habilidade para solucionar problemas; e com muito charme e autoconfiança sempre conseguem o que querem. Nos relacionamentos amorosos, gostam de sentir que sua presença é absolutamente indispensável à vida do parceiro.


KANYA
KANYA: Deus Regente: BUDHA (associado ao Planeta Mercúrio).
Animal: Cachorro.
Flor: Orquídea.
Pedra: Ametista.
Números: 6, 42, 222.
Palavra-chave: Disciplina.
Áreas em que mais se destaca: Economia, jornalismo, oftalmologia, contabilidade, administração doméstica, enfermagem, gerenciamento, farmácia, veterinária, nutrição, secretariado, biblioteconomia.

Os nativos de KANYA, possuem um caráter firme e correto. Agem sempre de maneira honesta, não admitindo mentiras ou traições. Isso porque Budha, regente de Kanya, atua como Guardião da Verdade e dos Conhecimentos, além de ser o deus da comunicação. Esses nativos absorvem o aspecto mais profundo e observador de Budha. Isso lhe confere um agudo senso crítico e faz com que se destaquem pela capacidade de analisar qualquer assunto de maneira sábia e aprofundada.
As pessoas regidas por Kanya, são muito ligadas em detalhes, gostando de manter suas coisas bem arrumadas, costumando encher a casa com miniaturas e buscando a perfeição em tudo. Possuem uma grande habilidade para o artesanato. São disciplinados, responsáveis, tímidos, discretos e sérios. O maior mérito desses nativos, é conseguir tudo o que querem, através de muito trabalho, esforço e persistência. Cuidam muito bem da saúde e do próprio corpo, sendo zelosos no que diz respeito à higiene. Não suportam nada sujo ou fora do lugar. No relacionamento amoroso, são muito exigentes. Sua companhia ideal, é alguém que (como esses nativos), nunca se conformam em serem menos que o máximo. Gostam de se vestir com elegância e charme.


TULA
TULA: Deus Regente: SUKRA (associado ao Planeta Vênus ).
Animal: Borboleta.
Flor: Violeta.
Pedra: Quartzo-rosa.
Números: 7, 25, 214.
Palavra-chave: Harmonia.
Áreas em que mais se destaca: Decoração, arte dramática, secretariado, paisagismo, sociologia, diplomacia, produção de moda, fotografia, advocacia, comércio, desenho industrial, estética.

Os nativos de TULA, são extremamentes amorosos, cheios de charme e estão sempre elegantes. Na mitologia hindu, Sukra, regente de Tula, é o instrutor dos demônios. Enganado pelos espíritos do mal, que o atraíram com falsas promessas de amizade, Sukra se opôs a Brihaspati ( o instrutor dos deuses ), e atraiu a ira dos senhores do mundo. Mas se livrou de ser cruelmente castigado, pois os deuses perceberam que ele havia agido de coração puro. A pureza, é uma das marcas da personalidade desses nativos, que estão sempre dispostos a acreditar nas boas intenções das outras pessoas, não conseguindo agir de maneira maliciosa.
Com esse temperamento sincero e confiante, as pessoas nascidas sob o signo de Tula, acabam sendo vítimas de pessoas mal-intencionadas, que se aproveitam da sua disposição prestativa. Então, desiludidos, pensam em se isolarem, fechando o coração para o amor e para os amigos. Mas essa depressão não costuma durar muito tempo: a alma alegre desse nativo rejeita o desânimo, e eles partem novamente em busca do Amor, da Alegria e da Realização. São muito sensíveis, se interessando por todo tipo de Arte, em geral para dança e artes plásticas. Seus maiores passatempos são: desenhar, pintar, passear pelos museus e ouvir música. São muito vaidosos, gostando de roupas bonitas e perfumes de boa qualidade.
O amor é a coisa mais importante na vida dos nativos desse signo, que se destacam pela suavidade e pelo romantismo. Sonham em encontrar o companhia ideal e têm certeza de que é possível ser “feliz para sempre”. Pacíficos por natureza, fazem o máximo para evitar discussões, pois não suportam nada que abale a harmonia do relacionamento. Tudo o que desejam é um casamento tranqüilo, que lhes garantam uma rotina agradável e sossegada, ao lado de um parceiro carinhoso e compreensivo.


VRISCHIKA
VRISCHIKA: Deus Regente: MANGALA (associado ao Planeta Marte).
Animal: Gato.
Flor: Antúrio.
Pedra: Ônix.
Números: 8, 71, 206.
Palavra-chave: Mistério.
Áreas em que mais se destaca: Psicologia, investigação particular, advocacia criminalista, literatura, sexologia, medicina cirúrgica, ginecologia, psiquiatria, direção de teatro, fotografia.

Os nativos de VRISCHIKA, são sensuais, misteriosos e envolventes, sendo regidos por Mangala, o mais exuberante e viril dos semideuses hindus. As pessoas nascidas no período de Vrischika, possuem qualidades como a coragem, a capacidade de enfrentar desafios, a firmeza de caráter e a beleza. Em geral são muito dominadores, exigindo que seus parceiros satisfaçam todas as suas vontades e caprichos. São altivos e orgulhosos, mas também sabem agir com humildade, admitindo os próprios erros.
Outro atributo desse nativo é a Sabedoria. Justo e correto, jamais tira conclusões precipitadas e não costuma fazer críticas gratuitas. Dotados de uma profunda capacidade de análise, não se deixam levar pelas aparências e raramente se enganam. São muito intuitivos. É capaz de captar o verdadeiro caráter de uma pessoa que acaba de conhecer. Possuem um olhar profundo e perscrutador, mexendo com as emoções daqueles que o cercam, chegando mesmo a intimidar ( é como se tivessem o dom de penetrar na Alma e desnudar os mais insondáveis segredos ). Possuem um temperamento irado e vingativo: em geral guardam rancor e só ficam tranquilos quando retribuem uma ofensa da qual tenham sido vítima. Perdoar não é muito fácil para esses nativos, que evitam ao máximo falhar com os outros e exigem a mesma retidão daqueles que os cercam. São muito honestos e falam a verdade a qualquer custo, não admitindo transações escusas ou subterfúgios.
São muito sensuais, exuberantes, misteriosos e enigmáticos, fascinando e despertando paixões. Companheiros dedicados, fazem de tudo para beneficiar o parceiro que ama, procuram ser compreensivos, amparando nos momentos de crise. Porém são muito possessivos e ciumentos, não admitindo traições e dificilmente são capazes de perdoar.


DHANU
DHANU: Deus Regente: BRIHASPATI ( associado ao Planeta Júpiter ).
Animal: Cavalo.
Flor: Margarida.
Pedra: Quartzo-branco.
Números: 9, 27, 180.
Palavra-chave: Idealismo.
Áreas em que mais se destaca: Advocacia, serviço de bordo, educação física, medicina veterinária, filosofia, produção de arte e espetáculos,turismo, tradução, pedagogia, botânica, artes circenses.

Os nativos de DHANU, são extrovertidos e descontraídos, mas também são sóbrios e maduros. Brihaspati, regente de Dhanu, é o sacerdote dos deuses. Os artistas o representam como um belo jovem de pele clara e olhos escuros, com chifres na cabeça, com sete bocas e com cem asas transparentes. Usa sobre os ombros um manto dourado, bordado com pedras preciosas, símbolo da sua grandeza e majestade. Sua função era ensinar Indra, o senhor dos deuses, a reconhecer o valor da Fé e da penitência. Brihaspati mostrava aos deuses, a necessidade de recompensar os humanos merecedores de graças especiais.
Por isso, a Fé é um valor muito importante na vida dos nativos de Dhanu. Nos momentos de crise, eles costumam buscar apoio na Oração. Nutrem o maior interesse por todos os tipos de religiões, grupos esotéricos e filosofias espirituais. São amantes dos estudos e das leituras, dos jornais e livros de todos os gêneros, nas horas de lazer. Se sentem bem na presença de amigos, gostando de organizar festas, de viajar e conversar. São muito queridos, mas devem aprender a serem menos exagerados, evitando as mentiras e não confiando demais em pessoas que não conhecem bem. São pessoas otimistas por natureza e sempre acham que todo mundo é bonzinho, o que pode gerar decepções.
As pessoas nascidas sob este signo, estão sujeitas a cometerem muitos deslizes, por causa da sua distração e falta de responsabilidade. É muito importante que aprendam a se concentrar mais nos seus afazeres e a não agirem movidas apenas pelo impulso. Devem trazer à tona seu lado mais sério, que é uma condição essencial para que triunfem no setor profissional, conquistando a confiança dos seus superiores. No amor, busca emoções fortes. Seu parceiro ideal é um aventureiro ardente. Gostam de se divertir, viajar e de viver os momentos mais felizes e descontraídos ao lado do seu amor. Não gostam de compromissos, preferindo relacionamentos abertos. São muito compreensivos, mas não toleram traições ou atitudes falsas. Preferem a Verdade em qualquer ocasião, ainda que isso lhes tragam sofrimento.


MAKARA
MAKARA: Deus Regente: SANI (associado ao Planeta Saturno).

Animal: Elefante.
Flor: Miosótis.
Pedra: Malaquita.
Números: 10, 109, 316.
Palavra-chave: Determinação.
Áreas em que mais se destaca: Corretagem de imóveis, carreira bancária, geologia, ortopedia, biblioteconomia, odontologia, engenharia, arqueologia, administração de empresas, política, economia.

Os nativos de MAKARA, são a personificação do trabalho e da honestidade. Sani, o regente desse signo, é um dos filhos de Ravi, o Sol. Ele não suportava viver perto do pai, que o sufocava com seu brilho e calor. Então fugiu de casa e se escondeu na floresta, onde todos os dias prestava seus ritos de adoração ao deus Shiva. Satisfeito, Shiva concedeu a Sani o dom da imortalidade e o transportou para o céu, onde ele assumiu a forma de um Planeta (Saturno).
Assim como Sani, as pessoas nascidas sob o signo de Makara não se acomodam em situações insatisfatórias. Trabalham com afinco, lutando com toda a garra para alcançar seus objetivos. Também são muito ambiciosos, achando que é impossível ser feliz sem uma situação material estável. Para eles o dinheiro compra a felicidade. Sérios e reservados, costumam falar pouco sobre si mesmos. São muito modestos, achando que sua vida não tem nada de interessante. São pessoas amigas que ouvem atentamente os desabafos das pessoas queridas e procuram dar conselhos construtivos a quem recorre à sua sabedoria. Pacientes, são perfeitos para tomar conta de crianças. Dedicam-se inteiramente à família, pois dá muito valor aos laços de sangue. Quando atingem a maturidade, costumam se interessar pelos assuntos espirituais. As religiões mais antigas e tradicionais são as que atraem sua atenção. Acreditam na imortalidade da Alma, e seu maior desejo é garantir uma existência feliz e serena em outros Planos. Segurança total é o seu lema. No relacionamento amoroso, fazem questão do compromisso sério e sólido. Não admitem infidelidade e só acreditam num amor baseado na confiança e no respeito mútuos.Para esses nativos, é impossível uma vida sexual prazerosa, que não esteja acompanhada de um amor verdadeiro.



KUMBHA
KUMBHA: Deus Regente: SANI ( associado ao Planeta Saturno ).
Animal: Andorinha.
Flor: Papoula.
Pedra: Safira.
Números: 11, 209, 2.
Palavra-chave: Fraternidade.
Áreas em que mais se destaca: Astrologia, publicidade, análise de sistemas, jornalismo, astrofísica, engenharia de aeronaves, assistência social, política, cinegrafia, dramaturgia, magistério.

Os nativos de KUMBHA, são as melhores amizades que uma pessoa pode ter. Fraternais, simpáticos, alegres e comunicativos, estão sempre prontos a atender as solicitações das pessoas queridas. Regidos por Sani, o poderoso filho do Sol que se transformou no Planeta Saturno. Os nativos de Kumbha herdaram o forte senso de responsabilidade, firmeza de caráter e inteligência.Apreciam tudo o que esteja relacionado à Ciência e Tecnologia. Gostam de lidar com computadores e de dirigir carros velozes. Possuem uma agilidade mental muito grande. São temperamentais, não suportando serem contrariados, mas geralmente suas zangas passam rapidamente. Para eles, a amizade vem em primeiro lugar.
São pessoas muito versáteis, se adaptando a qualquer situação e sempre encontrando as melhores saídas para os problemas do dia-a-dia, principalmente no setor profissional. Possuem um talento especial para desempenhar tarefas de relações públicas, estando sempre dispostos a ajudar seus colegas de trabalho. Graciosos, simpáticos, comunicativos, cativam a todos com sua sinceridade e seu jeito amável e solícito. Interessados nas causas sociais, costumam organizar mutirões para beneficiar a comunidade e participar de movimentos ecológicos ou de defesa dos direitos humanos.
Os nativos deste signo são muito honestos e quando necessário, falam tudo o que lhes vêm à cabeça. Adeptos da total liberdade, não gostam que o parceiro faça exigências ou demonstre ciúmes. Gostam de exclusividade, ficando profundamente magoados com as eventuais infidelidades. Valorizam mais a amizade do que a paixão. Com sua pureza quase infantil e seu charme jovial, se tornam encantadores, tendo a possibilidade de conquistar um batalhão de admiradores.


MINA
MINA: Deus Regente: BRIHASPATI ( associado ao Planeta Júpiter ).
Animal: Peixe.
Flor: Lótus.
Pedra: Água-marinha.
Números: 12, 93, 129.
Palavra-chave: Profundidade.
Áreas em que mais se destaca: Oceanografia, psicoterapia, dramaturgia, medicina, arte dramática, enfermagem, acupuntura, assistência social, magistério, teologia, fotografia, literatura.

Os nativos de BRIHASPATI (o Mestre dos deuses ), que também rege o signo de Dhanu, os nativos de Mina atribuem grande importância aos valores espirituais. Dotados de forte intuição e Sabedoria, costumam dar conselhos valiosos aos amigos e parentes, que sempre os procuram nos momentos de dificuldades. Mas se tratando de sua própria vida, esses nativos se revelam vacilante e indecisos. Só superam as dúvidas ouvindo sua voz interior. É que, no fundo do coração, eles sempre sabem qual caminho a seguir. Sensíveis, se deixam governar pelas emoções, se comovendo com o sofrimento alheio, sendo capazes de derramar rios de lágrimas quando deparam com uma cena triste. Jamais negam ajuda a quem estiver precisando, mas ao se sentirem ludibriados, podem se transformar numa fera. Dificilmente perdoam uma desfeita, e sempre que cismam de se vingarem, nada nem ninguém podem detê-los. Não costumam desistir no meio de seus planos; depois que tomam uma decisão, vão às últimas conseqüências.
Mas de um modo geral, costumam se dedicar à Religião e às obras de caridade, do que às revanches. É na Fé que encontram o apoio de que precisam, para enfrentar as dificuldades cotidianas. São muitos sonhadores, porém precisam desenvolver a força de vontade, de modo que suas mais doces ilusões possam se transformar em realidade.
No relacionamento a dois, são amorosos, carinhosos, dedicados e com seu jeito suave e desprendido, fazem de tudo para tornar o parceiro feliz. Mas possuem uma grande facilidade de se tornar volúvel, pois se apaixonam com facilidade, e ao mesmo tempo, não têm coragem de romper um relacionamento insatisfatório, temendo magoar a outra pessoa. São pessoas dóceis e compreensivas, boas companheiras para o dia-a-dia, pois conseguem superar os problemas. Podem ser agressivos, se desconfiarem de alguma traição, podendo com isso, partirem para uma briga séria.